Nildes, a pastora que trabalha há mais de 10 anos na Cracolância

O que espera alguém que esta nas ruas assolado pelas drogas e sem perspectiva de vida? 

Pastora Nildes
Para a pastora Nildes Néri, da Igreja do Evangelho Quadrangular, a maior necessidade deles é atenção. Alguém para conversar e desabafar. Por isso há 13 anos ela trabalha no serviço de atendimento da Cracolândia, em São Paulo.

Tanto carinho e afeto fez com que fosse criado um laço de amizade e respeito. Uns chegam a esconder o cachimbo quando ela passa.

O acolhimento dado por Nildes é tanto que fez com que adotasse dois filhos. O primeiro, hoje com 12 anos, teve sua guarda repassada ao pastora pela avó da criança após o pai ser preso. O segundo, filho de mãe viciada em crack, tem 7 anos.

Embora evangélica ela não impõe a religião a ninguém, mas ora por todos aqueles que vierem até ela e assim pedir. 

As vezes passamos por essas pessoas e simplesmente ignoramos a sua história. Outras vezes apontamos os dedos e julgamos. Nunca paramos para pensar o porque de estarem nessa situação. Nunca, sequer, damos um bom dia. Eu mesmo me incluo nisso.

Medo? Nojo? Apenas desprezo? Difícil explicar. Mas quando olhamos para pessoas como Nildes, conseguimos refletir e até desejamos mudar nossos atos e atitudes.

Podemos fazer mais? Com certeza!!
Queremos fazer mais? Não sei.

Fica aqui o agradecimento a pastora por abrir nossos olhos, afinal ela mesmo costuma dizer que é "uma pastora de uma igreja sem teto, e sem paredes, onde eles não são impedidos de entrar".

Para ler a reportagem na íntegra acesse aqui.

Comentários