5 Histórias curiosas sobre o Football Manager

Que o Football Manager é um dos games preferidos pelos fãs de futebol todo mundo sabe mas, com isso, muitas histórias bizarras acabam acontecendo. As consequências disso são diversas. 

Veja 4 histórias curiosas envolvendo o Football Manager:

5) Uma pessoa simulou mil anos no Football Manager e contou o que viu 

Venezuela passando a Argentina na vice-liderança do futebol sul-americano. Inglaterra se tornando a seleção com mais títulos mundiais. Portugal, EUA e a ótima geração belga ganhando Copa do Mundo. Acredite, isso tudo acontecerá até 3015, de acordo com uma das simulações mais loucas dos últimos tempos. 

4) Um usuário do Reddit postou em agosto de 2015 um save do FM 2015 em que simulou mil anos do Campeonato Inglês. 

A empreitada durou 58 dias e as descobertas são bem inusitadas. Sheffield United, Burnley e Southend United se tornarão os maiores vencedores da Premier League; o estádio do Arsenal se chamará Wenger Arena; e o Leicester City não ganhará nenhum título sequer. Outros fatos bizarros: uma partida entre Celtic e APOEL válida pela UEFA Cup teve um público de 583.214 pessoas em 2987. Real Madrid levantou o caneco da Champions League 108 vezes. A Holanda só conseguiu vencer sua primeira Copa do Mundo em 2586. E Marrocos é o único campeão mundial africano. 

Quem quiser se aventurar nesse futuro estranho, e estiver a fim de baixar 1.03 GB, o save encontra-se neste link

3) Um canal de TV passou a usar dados do FM para analisar jogadores 

A Sky Sports é uma das maiores redes de canais de esportes da Europa. Só para ficar no futebol, ela transmite as principais ligas do continente e ainda as partidas das divisões inferiores da Inglaterra. Em outras palavras, é jogador demais para lembrar. 

Então, na temporada 2015-2016, a rede apostou em uma abordagem diferente: eles passaram a usar dados do Football Manager para analisar os possíveis jogadores pretendidos pelas equipes. 

A questão é que a imagem viralizou e parte da internet caiu matando, claro, como se enfim tivéssemos chegado ao fundo do poço do jornalismo. Mas o que pouca gente sabe é que os dados do FM são compilados com a ajuda de uma empresa de análise esportiva chamada Prozone, a mesma usada por diversos clubes de futebol. 

Ou seja, não teria como as estatísticas serem mais precisas do que isso. Tanto que diversos clubes, como o inglês Everton, já admitiram usar o game para analisar potenciais reforços – o que aliás é uma violação da regra do Lower League Manager. Se os próprios times adotam o expediente, não é exatamente um escândalo que jornalistas também usem os dados como referência. 

2) Quase cem jogadores tentaram levar um time para a primeira divisão usando o mesmo save

Em 2016, a Sports Interactive convocou fãs do FM da Inglaterra para uma missão: levar o AFC Wimbledon, time da 4ª divisão patrocinado pela desenvolvedora, até a Premier League usando suas habilidades no simulador. A condição é que apenas um save seria usado e cada um teria uma hora de jogatina. 

O intuito era cavar um espaço no Guinness Book como “O save de video-game com mais participantes de todos os tempos”. Apesar de cem pessoas terem se inscrito, 92 compareceram para a experiência. 

O resultado dessa zona é bastante óbvia: 600 jogos foram disputados em 10 temporadas com pífios 38% de aproveitamento. O mais próximo que o AFC Wimbledon chegou do acesso foi no playoff da League Two (a 4ª divisão), em que foi eliminado pelo Wembley.

Em dado momento, um dos técnicos aceitou uma transferência para o Leeds, e logo depois outro resolveu assinar com o Burnley. Enquanto ninguém cuidava do AFC Wimbledon, o time foi rebaixado. Então, após conseguirem uma proposta para retornar ao clube, os últimos 30 treinadores tiveram que usar cinco temporadas para levá-lo de volta à League Two, o que aconteceu em 2027. 

1) Chinês viajou 10 mil km para conhecer clube inglês da nona divisão china 

Um chinês viajou cerca de 10 mil quilômetros para conhecer o pequenino Runcorn Linnets, da nona divisão inglesa. Treinando o clube do FM 01/02 os auriverdes conquistaram a Premier League e a Copa da Uefa, além de contratarem jogadores do calibre de Steven Gerrard, David Beckham e Ruud van Nistelrooy. 

A família chinesa teve toda a liberdade no Estádio Millbank Linnets, com capacidade para 1,6 mil torcedores. Enquanto o filhinho de Wenbin brincava no gramado, o ‘manager’ conversava com Mark Buckley, presidente do Runcorn, que apresentou a história do clube fundado em 2006. Muitos dos jogadores do passado eram conhecidos do visitante ilustre, seus antigos comandados. Além disso, o dirigente ofereceu uma caixa com diversos souvenirs dos auriverdes aos turistas.


E você, tem algum salve curioso para nos contar? Vai la nos comentários e deixe para nós..

Com informações de Vc Sabia Futebol

Comentários