Comemorando 30 anos, Resgate lança 3 músicas por mês

Os dias 5 de cada mês deste ano passaram a ser sinônimo de lançamento para a banda Resgate. O grupo que ajudou a escrever a história rock gospel nacional está presenteando o público com três músicas inéditas, mensalmente. 

Depois de lançarem “Eu quero ser um cão, “Tudo que existe espera” e “Bilhete para Nínive” em maio, a Banda Resgate disponibilizou 3 novas canções neste mês de junho: “Em prol do seu nariz”, “Se existisse o ‘se’” e “Saímos”. 

As faixas integram o novo álbum da banda, que também leva o mesmo nome do documentário em comemoração aos 30 anos de carreira, “É só isso aqui”. 

Os novos singles, assim como tantas outras músicas da banda, trazem letras impactantes e de críticas a hábitos dos dias atuais.  

A faixa “Em prol do seu nariz”, por exemplo, traz uma reflexão bem-humorada, mas contundente às pessoas que se isolam e se negam a viverem com pessoas que são contrárias a elas. A proposta é moldar o espírito de comunidade e o mandamento de Jesus: “Amar a Deus acima de todas as coisas e o teu próximo como a ti mesmo”.

Já a música “Se existisse o ‘se’”, fala do “e se” que costumamos inserir em nossos pensamentos, onde nunca estamos satisfeitos, e muitas vezes queremos voltar ao passado. A canção mostra que nada mais existe, só existe o que a gente vive. 

E por fim, a “Saímos” é fruto de um trabalho do seminário do Zé Bruno sobre o Antigo Testamento. É um passeio pelas Escrituras, mostrando que a nossa vida está sempre sujeita a deixar algo para trás e ir em direção ao lugar que Deus está traçando. Foi assim com o povo saindo do Egito e tem sido para todos aqueles que tem se submetido a vontade de Deus. 

Todos os singles já estão disponíveis nas plataformas digitais e no canal do Youtube da Banda.

A turnê de 30 anos já está acontecendo, e a expectativa da Amplitude A, produtora que tem assessorado a banda durante 18 anos, é que ela chegue a cada Estado do Brasil e até mesmo outros países. 

Confira os três singles lançados, clicando nos vídeos abaixo:



Comentários