Prêmio Belmiro Siqueira de Administração 2019, inscrições abertas

Começaram no dia 30 de abril as inscrições para o Prêmio Belmiro Siqueira de Administração 2019. A premiação oferecida pelo Conselho Federal de Administração (CFA) dará R$ 50 mil em prêmios para estudantes e profissionais de administração. O objetivo da iniciativa é promover a valorização de estudos que contribuam para o desenvolvimento da profissão e da ciência da Administração no Brasil. 

“Essa premiação é muito significativa para o desenvolvimento profissional. Ela valoriza e estimula Administradores e futuros profissionais. Ao longo dos anos, muitos trabalhos foram premiados e, certamente, contribuíram para o melhor desempenho da ciência da Administração”, afirma o presidente do CFA, Mauro Kreuz. 

Para a diretora de Formação Profissional do CFA, Claudia Stadtlober, o prêmio é muito importante por reconhecer os melhores estudos e produções na temática de inovação e gestão. “Estamos com uma grande expectativa, pois essa é uma temática muito discutida atualmente e com potencial para publicações. Além disso, essa é uma área que está em grande crescimento e desenvolvimento”, explica a conselheira. 

Os administradores, mestres em administração, doutores em administração, gestores e tecnólogos com registro profissional no Conselho Regional de Administração, podem concorrer na categoria “Profissionais de Administração”, modalidade “Livro”. Para estar apto a concorrer ao Prêmio, a primeira edição da obra deverá ter ocorrido a partir de 2017. Podem participar livros com autoria individual ou coletiva com temática relacionada à Administração. 

Na categoria “Estudantes”, podem participar alunos de bacharelado em administração, de cursos superiores conexos à administração – considerados nas Resoluções Normativas editadas pelo CFA -, ou de cursos de educação profissão técnica de nível médios ligados à administração. Para disputar o Prêmio, eles terão que se inscrever nas modalidades “Artigo Acadêmico” ou “Artigo Técnico” e apresentar trabalho com o tema na área de “Inovação e Gestão”. 

R$ 50 mil em prêmios – Os vencedores de cada uma das modalidades receberão certificado e troféu. Além disso, haverá premiação em dinheiro. Nas modalidades “Artigo Acadêmico” e “Artigo Técnico”, o primeiro lugar receberá R$ 10 mil; o segundo lugar receberá R$ 5 mil; e o terceiro lugar receberá R$ 2,5 mil, cada. 

Já na modalidade “Livro”, o grande vencedor levará para casa o prêmio de R$ 15 mil. Ao todo, o Prêmio Belmiro Siqueira de Administração 2019 distribuirá R$ 50 mil em dinheiro aos vencedores da premiação. Essas são valores brutos, sujeito à dedução de impostos e contribuições sociais. 

Prêmio Belmiro Siqueira de Administração 2019 

ARTIGO ACADÊMICO 
1º lugar: Troféu, certificado e R$ 10.000,00 (dez mil reais); 
2º lugar: Certificado e R$ 5.000,00 (cinco mil reais); 
3º lugar: Certificado e R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais). 

ARTIGO TÉCNICO 
1º lugar: Troféu, certificado e R$ 10.000,00 (dez mil reais); 
2º lugar: Certificado e R$ 5.000,00 (cinco mil reais); 
3º lugar: Certificado e R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais). 

LIVRO 
O vencedor receberá certificado, troféu e R$ 15.000,00 (quinze mil reais). 

Inscrições – As inscrições começam no próximo dia 30 de abril e seguem até 30 de agosto de 2019. Elas serão efetivadas por meio da apresentação, nos CRAs ou em suas seccionais, dos trabalhos concorrentes às modalidades “Artigo Acadêmico”, “Artigo Técnico” e “Livro”. 

Confira o edital com todos os detalhes de cada categoria e os requisitos para apresentação dos trabalhos. 

Histórico – O Prêmio “Belmiro Siqueira” de Administração foi criado pelo CFA em 1988. A proposta é divulgar e promover a valorização dos estudos realizados por Administradores e estudantes dos cursos de bacharelado em Administração que contribuam para o desenvolvimento da profissão e da ciência da Administração no Brasil. 

O Prêmio recebe o nome do Professor e Administrador Belmiro Siqueira, patrono dos Administradores, título que lhe foi outorgado “post-mortem”. Belmiro, que entrou para a história por conta da sua luta em prol da valorização da Administração, lecionou no Departamento Administrativo do Serviço Público. 

Mais informações no site www.cfa.org.br. 

Comentários