Conheça um pouco mais sobre a dublagem

A dublagem é um formato que permite a substituição da voz original de produções audiovisuais pela voz e interpretação de um dublador/ator em outro idioma que não o original gravado. Ah, mas ela não se restringe apenas à mudança de um idioma. Algumas dublagens são feitas no idioma original, só que o intuito é outro. Como melhorar a entonação do som original ou quando há falhas na captação de som direito. 

O termo “dublagem” vem do francês doublage que significa substituição de voz. 

Quer conhecer um pouco mais sobre a história da dublagem e ver como funciona a rotina de um estúdio de dublagem? Os alunos do curso de Rádio e TV aqui do Unasp ganharam um prêmios no SET Universitário da PUC-RS. A premiação é uma das mais importantes do Brasil para universitários da área de Comunicação. A categoria foi de melhor “reportagem em vídeo”, com o tema dublagem. A produção foi desenvolvida para o programa POP Life. 

Olha só que legal que ficou! 


Precisa estudar para ser dublador? 

Sim! Não basta apenas ter uma boa e versátil voz, para ser um dublador também é necessário atuar. Afinal, o dublador é um profissional que passa emoções através da sua voz, para isso é preciso saber como usar técnicas de atuação. Por isso, um dos requisitos básicos para ingressar nessa profissão é cursar artes cênicas. Além disso existem cursos focados na na formação de dubladores. 

Principais características de um dublador 

• Voz adaptável; 
• vocação artística;
• leitura dinâmica; 
• facilidade em improvisar; 
• memória para decorar textos. 

Áreas de atuação

O dublador irá trabalhar em estúdios de dublagem. À partir daí as opções são variadas, podendo atuar em filmes, desenhos animados, séries e documentários. Em uma entrevista ao portal R7 o dublador Guilherme Briggs, um dos grandes nomes da área, falou um pouco sobre o processo de trabalho nos estúdios. 

“Normalmente submetemos ao cliente três testes de voz para os protagonistas e papéis maiores. O diretor de dublagem é o responsável por estudar o personagem, analisar o tipo de voz, de interpretação e decidir quem escalar para os três testes. O estúdio internacional então faz a escolha final de quem dublará cada personagem. Em outros casos, o diretor de dublagem no Brasil pode escolher ele mesmo quem escalar. Geralmente em filmes de cinema e seriados, vários testes de voz são requisitados. Tem casos também que o cliente já envia suas preferências de vozes.” Fonte: Portal R7 

Remuneração 

Salário inicial: o piso da profissão é de cerca de 55 reais por hora de trabalho 

Salário possível após dez anos: se tiver uma carga horária cheia e acumular a função de diretor de dublagem, o profissional pode ganhar de 12 mil a 14 mil reais por mês. 

E aí, gostou da ideia de ser um dublador ou dubladora? Conta pra gente aí nos comentários o que você acha da profissão! Ah, e para te deixar ainda mais interessado separamos essa entrevista que o Guilherme Briggs fez para o programa The Noite. O cara é fera e um dos grandes nomes da dublagem brasileira. Vale o play :

Comentários