Recomendo│Clube dos Cinco

Praticamente todos nós fomos parar um dia na sala da direção da escola. Talvez até com mais de um colega.

O filme “The Breakfast Club” (Clube dos Cinco, no Brasil) aborda o encontro de cinco adolescentes que receberam como punição ficar um sábado inteiro na escola. E mais, fazendo uma redação falando sobre si mesmo.

O grupo reúne o popular Andrew Clark (Emilio Estevez), a patricinha Claire Standish (Molly Ringwald), a esquisita Allison Reynolds (Ally Sheedy), o nerd Brian Johnson (Anthony M. Hall) e o rebelde John Bender (Judd Nelson). Todos muito diferentes, mas que, com o decorrer do dia, descobrem coisas e situações um dos outros que os fazem ser tornarem mais que amigos.

Cada um deles revela seus segredos íntimos: Allison é uma mentirosa compulsiva; Andrew é inseguro e pressionado por seu pai sobre carreira de atletismo; John vem de um lar abusivo e Brian e Claire se envergonham de sua virgindade.

Eles se escutaram e se entenderam melhor sobre seus diferentes problemas, se sentiram mais confiantes com suas próprias opiniões, e refletiram de que, apesar de serem diferentes, são iguais em  sua insatisfação interior.

A ideia era que cada um fizesse sua própria redação, mas Brian é escolhido pelos outros quatro para redigir e entregar uma única dissertação envolvendo todos eles. Então escreve uma carta muito motivadora que é, em essência, o ponto principal da história. Ele assina "The Breakfast Club" e deixa para que o diretor lesse quando saíssem da “detenção”.

Os cinco protagonistas faziam parte do chamado Brat Pack (apelido dado a um grupo de jovens atores e atrizes que frequentemente apareciam juntos em filmes para adolescentes nos anos 80). Vamos falar disso em outra oportunidade.

Esse é mais um filme que eu recomendo!

Comentários